Atividade Outlook – Regras

1º)Crie ao menos  5 regras básicas (automáticas) com opções ao seu critério.

2º)Crie 3 regras em Branco com ao menos 3 tarefas e todas com exceções .

Ao término solicite o professor para verificar  a atividade.

 

 

 

Anúncios

AVALIAÇÃO PRÁTICA – LINUX INSTALAÇÃO

Resultado de imagem para logo ubuntu

1º)Abra a Calculadora realize um cálculo , copie e cole no Writer

2º)Abra o Writer , fazer uma pesquisa sobre Empresas que utilizam servidores Linux e digite o que vc entendeu , formate o texto e salve na área de trabalho

3º)Abra o Calc digite algo qualquer em três arquivos separados , salvando todos na área de trabalho , lopo após abra o Draw e crie um desenho (livre) e salve na área de trabalho

4º)Crie um pasta na Área de Trabalho com o nome de Avaliação Ubuntu

5º)Copie todos os arquivos criados nesta avaliação para esta pasta.

6º)Renomeie um dos arquivos para serial.txt

7º)Exclua definitivamente um arquivo

8º)Demonstre ao Professor como altere o papel de Parede e verifique  a resolução de tela

9º)Demonstre ao Professor onde instalar programas no Ubuntu também as configurações de atualizações do Ubuntu

10º)Demonstre ao professor como criar Usuários , e verificar se as configuração de mouse e teclado estão em conformidade.

 

 

Quem é o surfista de 22 anos que freou, do computador de seu quarto, o ciberataque mundial?

Leia a 1ª entrevista de MawareTech: um garoto tímido que vive na casa dos pais no litoral da Inglaterra. Sua mãe, enfermeira, quis ‘gritar para o mundo’; ele diz que ‘não é herói’.

Jovem britânico que parou ciberataque é considerado herói

Jovem britânico que parou ciberataque é considerado herói

Enquanto o gigantesco ataque de um “vírus de resgate” corria de computador para computador, infectando dezenas de milhares de máquinas em todo o mundo, um especialista em tecnologia trabalhava em seu quarto na Inglaterra para interromper o desastre. Mas Marcus Hutchins não se considera um herói (veja trecho da entrevista e imagens do quarto no vídeo acima).

Quem é o craque no contra-ataque ao vírus?

O jovem de 22 anos, creditado como a pessoa que interrompeu o WannaCry, disse à agência de notícias Associated Press que luta contra os “malwares” porque “é a coisa certa a se fazer”.

Foi a primeira entrevista presencial de Hutchins, que trabalha para a Kryptos Logic, empresa com sede em Los Angeles.

“Eu definitivamente não sou um herói”, reafirmou. “Sou apenas alguém fazendo minha parte para parar os botnets (aplicativos maliciosos que se espalham em redes).”

Surfista que vive com a família

Marcus Hutchins, que se apresentava nas redes sociais como MalwareTech (Foto: AP Photo/Frank Augstein)Marcus Hutchins, que se apresentava nas redes sociais como MalwareTech (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Marcus Hutchins, que se apresentava nas redes sociais como MalwareTech (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Nas primeiras horas do ciberataque, na sexta-feira (12), o entusiasta de computação e surfista, que vive com sua família em uma pequena cidade litorânea no sudoeste da Inglaterra, fez uma descoberta acidental: o registro de um endereço na internet era capaz de interromper o surto.

Ele passou os três dias seguintes lutando contra o vírus que prejudicou os hospitais públicos da Grã-Bretanha, além de fábricas, agências governamentais, bancos e outros negócios em todo o mundo.

O WannaCry paralisou computadores com versões mais antigas do Microsoft Windows, criptografando arquivos de computador dos usuários e exibindo uma mensagem exigindo um resgate de US$ 300 a US$ 600 para liberar.

Hutchins disse que achou a solução quando estava analisando uma amostra do código mal-intencionado e percebeu que estava vinculado a um endereço da web não registrado. Ele registrou o domínio. Ele costumava fazer isso para descobrir maneiras de rastrear ou parar ameaças cibernéticas. Após o registro, ele descobriu que impediu o vírus de se espalhar (saiba mais).

Marcus Hutchins (Foto: AP Photo/Frank Augstein)Marcus Hutchins (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Marcus Hutchins (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

‘Salvou os EUA’

O executivo-chefe da Kryptos Logic, Salim Neino, disse que o rápido trabalho de Hutchins permitiu que ele retardasse o vírus na sexta-feira à tarde, antes que pudesse afetar completamente os Estados Unidos.

“Marcus, com o programa que dirige no Kryptos Logic, não só salvou os Estados Unidos, mas também impediu novos danos ao resto do mundo”, disse Neino em uma entrevista em Veneza, na Itália. “Depois de pouco tempo, conseguimos validar que houve realmente uma interrupção no vírus. Foi um momento muito emocionante.”

Neino disse que o vírus foi “mal projetado” – um remendo “de diferentes partes”, com um sistema de pagamento simples.

Marcus Hutchins, o 'MalwareTech' (Foto: AP Photo/Frank Augstein)Marcus Hutchins, o 'MalwareTech' (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Marcus Hutchins, o ‘MalwareTech’ (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

‘Time’ no contra-ataque

A Kryptos Logic é uma das centenas de empresas que trabalham para combater ameaças online para empresas, agências governamentais e indivíduos pelo mundo. Além disso, Hutchins faz parte de uma comunidade global que constantemente observa ataques e trabalha para frustrá-los, muitas vezes compartilhando informações no Twitter.

Não é incomum que os membros usem apelidos para proteger de ataques de retaliação e garantir privacidade. Hutchins usa o Twitter há muito tempo sob o nome MalwareTech, que apresenta uma foto de perfil de um gatinho cheio de pose, usando óculos de sol enormes.

Perfil no Twitter de MalwareTech (Foto: Reprodução)

Mas ele sabe que sua fama recém-descoberta significa o fim do anonimato.

“Eu não acho que vou voltar a ser o MalwareTech que todo mundo conhecia”, disse o jovem de cabelos crespos, encolhendo os ombros e dando um sorriso vencedor.

Mãe enfermeira e coruja

A mãe de Hutchins, Janet, uma enfermeira, não podia estar mais orgulhosa. Ela ficou feliz com o fim do anonimato. Quando seu filho fez a descoberta, ela queria contar ao mundo sobre isso.

“Eu queria gritar, mas eu não podia”, disse a mãe.

Agora, ele é uma celebridade. O jovem esteve em contato com o FBI e com autoridades britânicas de segurança cibernética.

Do quarto no litoral

Sua nova vida provavelmente vai precisar de um grande ajuste. Hutchins trabalha em seu quarto em Ilfracombe, no litoral sudoeste da Inglaterra, em um computador sofisticado com três telas grandes. O conceito de celebridade era estranho para ele.

Ele estava nervoso em dar uma entrevista. Os jornalistas receberam o endereço minutos antes de começar, e tiveram que fornecer uma senha antes que Hutchins os deixasse entrar. Enquanto fazia um teste de som para a câmera, estava tão ansioso que mal escreveu seu sobrenome, dando-o como Hutchis, sem o “n “. Sua mãe fez chá e café para os visitantes.

Uma vez que Hutchins começou a falar, ele relaxou. Constantemente sorrindo, se mostrou tímido e educado, e feliz em explicar como ele luta contra o malware. Ele disse que estava ansioso para superar o frenesi da mídia e voltar à sua vida normal.

“Eu senti que eu deveria concordar com uma entrevista”, disse ele.

Marcus Hutchins, o MalwareTech (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Marcus Hutchins, o MalwareTech (Foto: AP Photo/Frank Augstein)

Na crista da onda

A CyberSecurity Ventures, que acompanha a indústria da tecnologia, estima que os gastos globais com segurança cibernética vão subir para US$ 120 bilhões este ano. Ele eram apenas US$ 3,5 bilhões em 2004. Ela prevê que as despesas crescerão entre 12% e 15% anualmente nos próximos cinco anos.

“Enquanto todos os outros setores tecnológicos são impulsionados pela redução de ineficiências e aumento da produtividade, os gastos com segurança cibernética são impulsionados por cibercrimes”, disse a empresa em um relatório de fevereiro.

Depois de muitas análises, Hutchins, um ávido surfista, planeja tirar férias – viajando para Las Vegas e Califórnia às custas da empresa.

Entenda mais sobe o Tipo de Vírus que sequestrou dados de Computadores em todo o mundo

por PEDRO CARDOSO

Para o TechTudo

O ransomware é um tipo de malware que sequestra o computador da vítima e cobra um valor em dinheiro pelo resgate, geralmente usando a moeda virtual bitcoin, que torna quase impossível rastrear o criminoso que pode vir a receber o valor. Este tipo de “vírus sequestrador” age codificando os dados do sistema operacional de forma com que o usuário não tenham mais acesso.

Como eliminar vírus do computador e do celular com o Malwarebytes

Uma vez que algum arquivo do Windows esteja infectado, o malware codificará os dados do usuário, em segundo plano, sem que ninguém perceba. Quando tudo estiver pronto, emitirá um pop-up avisando que o PC está bloqueado e que o usuário não poderá mais usá-lo, a menos que pague o valor exigido para obter a chave que dá acesso novamente aos seus dados.

Vírus (Foto: Arte/TechTudo)O que é um ransonware? (Foto: Arte/TechTudo)

Como os criminosos instalam o ransomware?

A difícil detecção de um ransomware e seus disfarces são os fatores que o tornam tão perigoso. A praga pode infectar o seu PC de diversas maneiras, através de sites maliciosos, links suspeitos por e-mail, ou instalação de apps vulneráveis. O ransomware também pode aparecer também em links enviados por redes sociais, meio muito utilizado para espalhar vírus atualmente.

Em janeiro de 2016, foi descoberto um ransomware brasileiro que emite um janela parecida com um pedido de atualização do Adobe Flash Player. Quando o usuário clica no link para atualizar, o malware infecta a máquina e em pouco tempo sequestra os dados da vítima.

A descoberta foi feita pelo Kaspersky Lab, que também divulgou o valor da extorsão dos criminosos, cerca de R$ 2 mil em bitcoin.

Golpe brasileiro imita atualização do Flash para sequestrar arquivos (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab))Golpe brasileiro imita atualização do Flash para sequestrar arquivos (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab))

Qual o mais perigoso?

Em março deste ano, o FBI emitiu um alerta preocupado com o ransomware MSIL/Samas, sendo este um dos mais perigosos atualmente, pois ele não infecta computadores individualmente, mas sim redes inteiras. Segundo informações da agencia de notícias Reuters, o grupo responsável pelo ataque usa um programa de segurança disponível ao público para verificar se há versões vulneráveis do software JBoss, para em seguida iniciar o ataque.

De acordo com a Cisco, o autor do malware inicialmente estaria pedindo 1 bitcoin para liberar cada máquina infectada da rede, mas que esse valor subiu algumas vezes para testar o quanto as vítimas estariam dispostas a pagar pelo resgate. Pela cotação atual, 1 bitcoin equivale a R$ 1.915,00.

Quais são os melhores antivírus pagos e grátis? Veja o que os usuários acham no Fórum do TechTudo

Como se prevenir?

A Microsoft tem em seu site uma página toda dedicada ao Ransomware e como se prevenir desta praga. Ter o Firewall do Windows sempre ativado e os programas sempre atualizados são os primeiros passos para uma boa proteção. A empresa recomenda que a atualização automática esteja ligada.

Os usuários do Windows 7 ou Windows Vista, devem verificar se o antivírus Microsoft Security Essentials está instalado e atualizado. Para o usuários do Windows 8 e Windows 10, o Microsoft Windows Defender faz este trabalho. Caso queira, pode optar por outro antivírus de outras empresas de sua preferência, contanto que esse seja confiável e tenha boa reputação.

Os melhores antivírus grátis para Windows

A preocupação com este tipo de malware é tão grande que algumas empresas de TI estão desenvolvendo soluções específicas. É o caso do Bitdefender Anti-Ransomware, um pequeno software que permanece ativo em segundo plano monitorando o sistema operacional. O programa age preventivamente e informa ao usuário se alguma tentativa de invasão ocorrer. Outro produto disponível no mercado é o Malwarebytes Anti-Ransomware.

Como eliminar um ransomware?

Uma vez que o computador esteja bloqueado, é muito difícil a remoção do ransomware, pelo fato que o usuário não consegue sequer acessar seu o sistema. Por isso, toda ação preventiva é válida. O melhor caminho é manter o antivírus sempre atualizado e programá-lo para fazer buscas regulares no sistema atrás desses vírus, para que ele seja detectado antes que ativado.

É fundamental ter sempre backup atualizado de suas informações e arquivos, caso precise formatar totalmente o computador infectado, para não perder nenhum arquivo importante. No mais, vale as mesmas dicas para todo tipo de vírus, não clique em links de SPAM do e-mail, desconfie sempre dos vídeos ou links suspeitos supostamente enviados por um amigo no Facebook. Se não for do perfil da pessoa enviar este tipo de conteúdo, verifique com ele no chat antes de clicar. Não baixe torrents suspeitos e só instale programas de sites confiáveis.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Ransomware no Mac OS X

No mesmo mês que o FBI emitiu um alerta mostrando preocupações com estes vírus, a Palo Alto Networks, empresa especializada em segurança digital, descobriu o primeiro ransomware criado para o sistema Mac OS X. Na ocasião, o malware Key Ranger infectou algumas máquinas através do programa Transmission BitTorrent.

Mac OS também já foi alvo de ransonware (Foto: Reprodução/KasperskyBlog)

Assim como outros script similares, ele é capaz de criptografar todo o disco rígido em apenas três dias e, assim, sequestrar o Mac impedindo que o usuário tenha acesso aos seus dados.

Os especialistas recomendam que o usuário fique de olho no arquivo “kernel_service” no monitor de atividades do OS X, pois se ele estiver ativo, é recomendado restaurar o sistema para uma versão anterior em um backup e, assim, evitar um futuro sequestro. Pode parecer um simples arquivo do sistema, mas na verdade trata-se do Key Ranger em ação.

Para solucionar o problema, a Transmission Project lançou a versão 2.92 do Transmission BitTorrent. De acordo com os desenvolvedores, essa atualização remove os arquivos infectados do Mac.

fonte:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2016/06/o-que-e-ransomware.html

 

Revisão Linux Ubuntu Instalação

1)Abra o Calc  faça algo simples e salve

2)Abra o Writer faça um texto simples e salve

3)Faça um cálculo na calculadora

4)Altere o tamanho do Lançador

5)Crie uma pasta com seu nome na Area de Trabalho e dentro dela mais duas com os nomes de Manuais e Seriais

6)Copie os arquivos criados anteriormente para as pastas Seriais e Manuais

7)Renomeie a pasta com o seu nome para Aluno Hardware

8)Apague a pasta Manuais em definitivo

9)Altere o Papel de Parede

10)Verifique as configurações de Bloqueio de Tela

11)Verifique se o Mouse e o teclado estão nas configurações corretas

12)Verifique se a Resolução do Monitor está correta

13)Realize o Procedimento para criar um novo Usuário

14)Verifique a versão  do Ubuntu

15)Abra a opção para instalação e remoção de programas do Ubuntu.

 

Atividade Access – Clínica – Consultas

Criar as seguintes consultas para o Sistema Clínica 1.0 -Salvar as mesmas com nomes significativos a sua ação.

Tabela Pacientes :

Exibir Código , Nome CPF , RG , Empresa

Exibir Código , Nome Telefone1 , Telefone2 e Telefone 3

Exibir Nome e E-mail

Exibir Todos os campos dos pacientes com inscrição apos 01/01/2017

Exibir todos os campos apenas dos pacientes com Status Bloqueado

Exiba todos os campos de pacientes com idade entre 07 e 18 anos

Exiba todos os campos de pacientes com idade entre 55 e 100 anos

Exiba todos os campos perguntando o CPF

Exiba todos os campos perguntando parte do nome

Tabela Médicos

Exibir Nome e Especialidade

Exiba todos os campos perguntando parte do nome do Medico

Todos os campos apenas dos Médicos Free Lancer.

Tabela Farmácia

Exiba Código Descrição e Fabricante

Exiba todos os campos com quantidade atualizada acima de 1000

Exiba todos os campos com quantidade atualizada abaixo de 1000

Todos os campos pergunte o fabricante

Tabela Agendamento  – Consulta

Todos os campos pergunte o Código do Paciente

Todos os campos apenas os pacientes que não compareceram

Pacientes , Medicamento 1 , Medicamento 2 e Medicamento 3

Tabela de Cirurgia

Pergunte o Período da Cirurgia Data Inicial e Data Final

Nome do Paciente e Relatório Final

Todos os Campos pergunte a Cirurgia

Múltiplas Tabelas

Pacientes , Cirurgias e Médicos

Cod Paciente , Nome do Paciente , Data Cirurgia , Medico – Pergunte Data e Data Final

Tabela Cirurgia e Farmacia

Cod Paciente , Nome do Paciente , Medic1 , 2 e 3

Tabela Agendamento Consulta e Pacientes

Cod Paciente , Nome , Medico , Perguntar o Horário

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Novo Golpe no WhatsApp

Novo golpe no WhatsApp promete mostrar quem viu sua foto

Um novo golpe do WhatsApp promete mostrar quem visualizou suas fotos e status no aplicativo. Em duas semanas, foram infectados mais de 60 mil dispositivos, de acordo com a empresa de segurança ESET.

“Apesar de trazer novidades, o modo de atuação do golpe não é novo. Os cibercriminosos tentam enganar os usuários do WhatsApp para que eles se inscrevam – mesmo sem saber – em serviços de SMS premium”, explica Camillo Di Jorge, presidente da ESET Brasil.

Os criminosos prometem ativar o novo recurso somente quando o usuário compartilhar o link com dez amigos ou cinco grupos. Depois disso, é preciso inserir seus dados de contato, o que acaba incluindo a linha em um serviço pago.

A ESET explica que há novidades em relação a outros golpes, como a modificação do código-fonte da página, o que dificulta a análise. Há ainda, no código, a quantidade exata de compartilhamentos necessários, incluindo o link da plataforma de publicidade, o que ofusca o script e facilita a criação de novos domínios.

“É importante que os usuários fiquem atentos às mensagens do WhatsApp e não cliquem em links que contenham informações suspeitas, independentemente de quem as envia”, aconselha Di Jorge.

fonte:www.olhardigital.com.br